October 19, 2005

WPP reestrutura RedCell

"Advertising giant WPP Group is in the process of unwinding Red Cell, the hodgepodge of agencies it hoped to turn into a worldwide network.

WPP, which formed Red Cell in 2001, was attempting to recreate the global reach of industry legends such as Ogilvy & Mather, JWT and Young & Rubicam.

Red Cell, however, never lived up to its predecessors. Instead, it became the catchall for WPP, which parked some 65 agencies there that didn't fit elsewhere in the company. Without a shared culture or vision, the only thing the firms had in common was a name."

[Fonte: NY Post]

5 comments:

Leitor said...

É o costume, as grandes networks não têm vocação para terem "creative hotshops". As networks compram e fundem agências com grandes nomes e historial. As chamadas "hotshops" têm outros objectivos para além do economicista. Mas em Portugal a Red Cell está de boa saúde e inclusivé poderia dar umas lições à Young & Rubicam.

gato maltez said...

As boutiques criativas só se safam no seu nicho se forem independentes, ou volta-e-meia se tiverem alguma parceria com outra network, tipo a BBH e a Leo Burnett ou 180 Amsterdam e a TBWA. A partir do momento em que os gigantes compram as "boutiques" está o caldo entornado. Já agora o que vai acontecer à Sr.ª Rushmore comprada pela Red Cell em Espanha? E a SCPF (vendida pelo Segarra) à WPP? Sempre vai abrir portas em Portugal?

wunder-man said...

A Touche Me Re Cell já foi à vida.

Anonymous said...

A Touch me Red Cell que eu saiba ainda não foi a vida. tenho lá amigos e que eu saiba trabalham todos os dias e são pagos para isso. Agora a questão não é saber o que vai acontecer a Red Cell, mas sim saber o que vai acontecer a Young, aquela que já foi de longe a melhor agência Portuguesa, quando ainda não havia BBDO's TBWA's ou Red Cell's a fazer bom trabalho.

Anonymous said...

Resolvi postar aqui um pequeno comentário a estas fusões e aquisições para os fornecedores dessas grandes empresas. Fazem grandes movimentações de capitais e depois pagam aos fornecedores cada vez mais tarde. A recente APP liquida facturas a mais de 180 dias. As agencias não teem investimento nenhum, os fornecedores teem de ter e fazer face ás suas compras para satisfazer as necessidades das agencias.
Só queria mesmo alertar todos os fornecedores deste facto.